“o site e as redes sociais por se tratarem de criptomoedas não podem ser impulsionados pelo google e mídias sociais (fb, instagram, etc.). Então a sua apresentação tem que trazer também soluções que extrapolem essa barreira.” (processo seletivo para startup no último trimestre/2018)

1- fazer mapeamento geral do que teve maior resultado até agora (quem são os clientes, e quais os perfis da empresa)

1.1 — mapeamento temporal e sazonalidades (manter e ampliar)

1.2 — análise de resultado em como o SEO com testes pode melhorar e ampliar resultados já obtidos com novas ferramentas

2- responsividade seletiva

2.1 — através da análise de uso oferecer para clientes menos ativos promoções atrativas para ampliação da carteira, e para os mais ativos bônus com faixas

2.2 — de acordo com o perfil de investidor individual versus capital verificar onde é mais adequado utilizar com direcionamento através de algoritmo textos mais didáticos explicando o que são cripto moedas, etc e traduzindo os termos técnicos extremamente anglicizados presentes em certos textos; e os outros mais técnicos direcionados a quem já tem familiaridade com os portfólio de investimentos nas criptomoedas com as novidades do mercado

2.3 — a ampliação de mercado passa por uma política de diversidade nas imagens, e não focar apenas na geração Y (atração do black money, e de mulheres empreendedoras por exemplo que são maioria da população — cursos e ativações direcionadas para que a carteira de clientes do banco se amplie e tenha recepção positiva com este público)

Fonte da imagem: Mashable

3 — utilização de hotsites para outras línguas — a maior parte da América Latina fala espanhol, e como língua corrente no mundo dos negócios a inexistência de SEO em língua inglesa faz perder investidores destes países e em outros como Oriente Médio e Ásia por exemplo.

3.1 — levantamento das principais publicações sobre o assunto, e iniciar parceria de tradução (conteúdo original sobre bitcoins no Brasil, e a referência sobre conteúdo mundial seria imediata e da empresa em publicações brasileiras — mídia espontânea)

4- levantamento de como primeiros colocados brasileiros se comportam através de ferramentas de monitoramento

4.1 — levantamento de estudos qualitativos e quantitativos que fariam alguém com perfil mais tradicional migrar para diversificar este investimento

4.2 — monitoramento, e utilização de todos os dados levantados acima com algoritmos com inteligência artificial e geolocalização (onde existem pontos no Brasil que há GAP e a XXXXXX pode ser a primeira com liderança)

5 — Além das ferramentas existente no mercado, criar mecanismos próprios e internos para utilização do BIG Data da forma mais segura possível, e sempre focar em textos que mostrem a humanização deste tipo de investimento com brasileiros de sucesso. Todas as soluções apresentadas extrapolam a barreira do impulsionamento. Para atrair concretamente o público mostrar onde e como os investimentos podem ser utilizados, e um outro exemplo adiante poderia trazer a gamificação, e com certeza os dados de SEO poderiam ser muito mais refinados e direcionados com ganhos cada vez melhores — para o público e para a empresa.



SOURCE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here