É notório que, com a evolução da qualidade de vida e dos avanços na área da saúde, estamos vivendo cada vez mais. Em 500 anos saltamos de cerca de 40 a 80 anos em média de expectativa de vida, conforme demonstra o gráfico abaixo.

O patrimônio é o acúmulo do excedente da remuneração do seu trabalho que não é consumido e pode ser guardado para momentos difíceis, aposentadoria ou para um upgrade de satisfação pessoal ou qualidade de vida.

E como alguém com 100 trilhões de dólares em patrimônio pode acabar na miséria?

A resposta pra isso vem de um dos poucos monopólios ainda existentes na maioria dos países: o poder dos governos de emitir moeda. Com esse poder em mãos e com o descontrole dos gastos públicos e o populismo, o que acaba ocorrendo muitas vezes é a transformação do papel moeda em papel higiênico.

Como a moeda é abundante e a oferta de bens é limitada, cada vez será preciso mais moeda para adquirir os mesmos bens. Isso é mais conhecido como inflação.

O brasileiro além de ter convivido com esse dilema, ainda passou ao longo dos anos por inúmeros tipos de moeda, ou seja, quem nasceu de 1942 pra cá teria que ter medido seu patrimônio em Cruzeiro, Cruzeiro Novo, Cruzeiro Real ou Real, fora todas as variações e cortes de zero e de centavos, foram ao todo mais de 8 moedas.

Já sei! Vou medir o meu patrimônio em moeda estrangeira.

Se for o dólar, pelo menos existem boas chances do nome não mudar, pois ela já tem mais de 240 anos. Mas se for para várias gerações é melhor escolher a libra esterlina que já vai contando mais de 720 anos.

Tudo bem, o nome do Dólar americano não mudou, mas o poder de compra é o mesmo de 100 anos atrás?

Segundo o gráfico acima, para manter um poder de compra de 100 dólares em 1913, você teria que ter hoje $2.472,05. (fonte: http://www.usinflationcalculator.com/)

Tive um insight! tem uma tal de criptomoeda denominada de Bitcoin que vai ser a moeda do futuro. É por aí que devo medir meu patrimônio nos próximos 40 anos?

Pode até ser, porém essa moeda só tem 8 anos, será que ela vai continuar existindo daqui prá lá?

Por enquanto uma maneira mais fácil e duradoura de contabilizar seu patrimônio é através do ouro. Veja as vantagens:

  1. Tem mais de 3000 anos de uso como moeda, já passando por ascensão e queda de impérios, ditaduras, guerras e doenças;
  2. Nunca mudou de nome;
  3. É fracionável. Por kg, grama e etc;
  4. É escasso;
  5. Uma pequena quantidade pode guardar um patrimônio gigantesco;
  6. Fácil de ser transportado;
  7. Não se estraga com o tempo como papel moeda, que pode ser facilmente rasgado, molhado ou queimado;
  8. Pode ser trocado por outra moeda em praticamente qualquer país do mundo.
  9. Preserva o valor durante o tempo, dúvida? veja o infográfico abaixo pra ver com ele mais do que preservou o poder de compra de alguns bens e serviços.

Mas em relação a outras moedas estrangeiras, como é que fica? Segundo esse gráfico, nos últimos 15 anos, o ouro bateu de lavada todas as principais moedas.

O objetivo desse post foi refletir sobre o ouro como forma de medir o seu patrimônio. O objetivo aqui não é sugerir esse ativo como forma de investimento. No entanto, no próximo texto, vou mostrar em que situações o ouro é usado como investimento e quais as formas não convencionais de adquiri-lo.

Aviso legal: Ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.



SOURCE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here