Agora, na página do nosso droplet, nós teremos diversas opções de gerenciamento do nosso servidor, uma delas é a opção “Access”, que nos oferece a possibilidade de acessar o terminal do nosso servidor pelo navegador. Para isso, selecione a opção “Access” e clique no botão azul “Launch Console”.

Para acessar o terminal, você precisará do login (que é ‘root’ por padrão) e também da sua senha, que virá em uma mensagem no seu e-mail. No primeiro login, você será requisitado a inserir a senha atual e a inserir uma nova senha, para alterá-la.

Agora que estamos acessando o terminal do nosso droplet, nós podemos finalmente começar a instalação e sincronização do nosso node Nano! Se você está seguindo esse tutorial em outro servidor que não seja a Digital Ocean ou no seu computador pessoal, os comandos devem ser os mesmos. (Lembre-se apenas de instalar o Docker na sua máquina).

No primeiro comando, vamos importar o docker container oficial da Nano, para isso, digite o seguinte comando no seu terminal:

sudo docker pull nanocurrency/nano
Fazendo o download do docker container oficial

Agora já temos o container oficial do node Nano, e só precisamos ativá-lo para começarmos a usar o nosso node. Para isso, insira o comando:

sudo docker run -d -p 7075:7075/udp -p 7075:7075 -p 7076:7076 -v ~:/root nanocurrency/nano

Para vermos os containers que estão ativos no momento, podemos inserir o seguinte comando:

docker ps

O nome do nosso container atual é “gallant_turing”, esse nome é gerado aleatoriamente pelo docker e servirá para nos referirmos ao container (o nome do seu container muito provavelmente será outro), por exemplo, quando quisermos encerrá-lo:

docker kill gallant_turing

Se você quiser atualizar o seu node, encerre o container atual, use o comando para baixar novamente o container oficial e depois o comando para iniciar o container. Dessa forma, seu node estará atualizado para a versão mais recente.



SOURCE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here